Valve anuncia o SteamOS: um sistema operacional baseado em Linux

Share

Este é o primeiro dos anúncios que a Valve, uma das principais desenvolvedoras de Games e produtora da plataforma de games Steam, irá fazer nessa semana: o SteamOS, que é um sistema operacional baseado em Linux (provavelmente basado no Ubuntu, devido a parceria da empresa com a Canonical) para Smart TVs.

Conheça algumas das caraterísticas do SteamOS abaixo:

  • Streaming in-home: o SteamOS será capaz de transmitir os games do Steam na sua TV, através de uma rede doméstica;
  • Experiência completa para sua sala de estar: música, TV e cinema, tudo em um só lugar;
  • Compartilhamento em família: compartilhar os jogos que você compra com seus amigos e familiares – isto permite que você se reveze jogando  seus games e de seus amigos e familiares, criando uma rede exclusiva de compartilhamento de games;
  • Opções de conteúdo: você poderá controlar quem na sua casa pode jogar quais títulos;
  • e muiot mais.

O que a Valve espera com o SteamOS

Como estamos trabalhando pra levar o Steam para a sala de estar, chegamos à conclusão de que o ambiente mais adequado será um sistema operacional construído em torno do Steam. O SteamOS combina a arquitetura sólida do Linux com uma experiência de jogo construída para grande telas.Ele estará disponível em breve como um sistema operacional autônomo e livre.

Leia mais aqui.

O SteamOS estará disponível em breve (a data exata ainda não foi mencionada) em download gratuito para os usuários e “como um sistema operacional livre licenciável para os fabricantes”.

A Canonical também tem um projeto do Ubuntu para Smart TVs, que apesar da parceria com a Valve, seria um concorrente do SteamOS. Porém tendo em vista o recente fracasso do projeto Ubuntu Edge e a infinidade de usuários do Steam (independente da plataforma), o projeto da Valve com certeza terá muito mais potencial para o sucesso que os projetos da Canonical.

Fonte

 

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.