Usuários Linux fazem queixa formal a Microsoft sobre o Secure Boot

Share

A Comunidade Linux da Austrália enviou uma petição a ACCC (uma espécie de PROCON australiano) esta semana, depois que a Microsoft anunciou seus planos para a implementação do Unified Extensible Firmware Interface (EFI), como recurso de inicialização segura para dispositivos que ostentem o logo “Designed for Windows 8”. 

Em uma resposta por e-mail aos membros da Comunidade Linux da Austrália, a ACCC deu a entender que, a raiva dos entusiastas open-source pode gerar direitos, se eles fundamentarem a petição com mais informações. A ACCC ainda orientou a Comunidade para que abra uma ação judicial contra a Microsoft.

“A lei permite que a parte afetada possa gerar sua própria ação legal por violação de uma lei. A Comunidade linux Australiana tem que procurar aconselhamento jurídico sobre o processo de abertura de uma ação judicial nesta circunstância,” acrescentou a ACCC.

O Presidente da Comunidade, John Ferlito, disse que iria levantar a questão na próxima reunião de Conselho da Comunidade.

 

Fonte: www.zdnet.com.au

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.