Ubuntu Voice: Canonical pede ajuda pra definir o futuro do Ubuntu

Share

Depois dos últimos lançamentos do Ubuntu, diversos usuários acabaram migrando para outras distribuições (como o ElementaryOS ou Linux Mint) por não concordarem com algumas políticas da Canonical em relação ao Ubuntu, como questões de privacidade, o Unity e etc. Neste período a Canonical criou algumas formas de tentar contornar isso, dando aos usuários algumas formas de opinar sobre o desenvolvimento do Ubuntu, porém a maioria delas não adiantou muito.

Nesta semana (09) a Canonical lançou uma nova plataforma de cooperação para os usuários do Ubuntu: o Ubuntu Voice. Ele consiste num grupo de 20 milhões de usuários que terão a oportunidade de opinar no futuro da distribuição, além de ganharem certas regalias, como receber informações exclusivas por e-mail, participar de sorteios e etc.

Hoje o formulário de inscrição para o Ubuntu Voice já estava bloqueado para receber inscrições, pois em menos de 48 horas a empresa conseguiu atingir sua meta de inscritos!

Mesmo com essa evasão progressiva, o Ubuntu ainda é a principal distribuição Linux?

Sim, claro! A grande maioria dos usuários que chegam ao universo Linux se tornam usuário do Ubuntu devido a facilidade no manuseio, interação com o usuário e a infinita gama de artigos e tutoriais na internet (além da vasta comunidade).

Porém alguns destes usuários, ao descobrirem que o “universo Linux não é só o Ubuntu” e se depararem com posturas da Canonical que a grande maioria não concorda, eles acabam migrando para outras distribuições, e na grande maioria, distribuições baseadas no próprio Ubuntu, como o ElementaryOS e o Linux Mint.

E você, concorda com a iniciativa da Canonical? Será que teremos mudanças mais “a cara da Comunidade” para as próximas versões?

Deixe seu comentário nos campos abaixo.

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.