SysAdmins: um segundo que fará diferença em 2015

Share

Um segundo faz diferença para você? Muitos diriam que não e que seria apenas o tempo de piscar os olhos. Segundo Techie News, há possibilidade de que os computadores e seus serviços de internet apresentem problemas na virada do dia 30 de junho de 2015 para o dia 1º de julho.

O Serviço Internacional da Rotação Terrestre e Serviço de Referência (IERS), informou que a velocidade de rotação da terra esta desacelerando a uma taxa de cerca de dois milésimos de segundo por dia e para compensar a desaceleração na rotação da Terra vai adicionar um segundo extra.

A medida pode prejudicar sistemas e causar problemas em diversos serviços de internet no mundo todo. Quando o mesmo segundo é mostrado duas vezes seguidas os computadores e servidores falham. Se for solicitada a realização de uma operação em um momento, em que um segundo é repetido, o computador fica sem saber o que fazer, resultando em um crash.

Segundo o G1, na prática os relógios terão que ler um segundo adicional, o 23h59m60s, o que dará ao dia 30 de junho um total de 86.401 segundos. Pode parecer pouco, mas em 2012, última vez em que uma adição foi feita, o mundo da internet sofreu com uma onda de instabilidade. Os problemas ocorreram com Mozilla, Reddit, Foursquare, Yelp, LinkedIn, o sistema operacional Linux e aplicações rodando em Java.

A falha pode ocorrer porque muitos sistemas de computação, incluindo computadores, laptops, smartphones e afins, usam o Network Time Protocol (NTP), que registra as horas e está alinhado a relógios atômicos. A maioria, porém, não está preparada para lidar com um segundo extra.

O mesmo problema ocorreu com o Google em 2005, quando um segundo extra foi adicionado. Os sistemas da companhia não estavam preparados. Alguns deles “se recusaram” a trabalhar enquanto possuíam uma medição de tempo “errada”. O problema foi identificado em 2008 por engenheiros, que começaram a trabalhar em uma forma de driblá-lo. A solução encontrada (“leap smear”) foi implementar uma modificação interna no NTP. Milissegundos são acrescentados ao tempo durante todo o dia que terá um segundo a mais. Assim, quando chega a hora, o segundo já foi acrescentado naturalmente.

A adição de segundos é tema para discussões internacionais. Os Estados Unidos querem acabar com os acréscimos. Argumentam que a correção atrapalha sistemas de navegação e de comunicação, além de poder atrapalhar transações financeiras que necessitam de um registro preciso do tempo. Já o Reino Unido é defensor dos segundos extra. O argumento é que a não inclusão poderia criar um distúrbio no conceito de tempo, e isso significaria “dissolver” o sistema de fusos horário adotados a partir do Meridiano de Greenwich.

Artigo enviado por VirtX

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.