Striker: Recon e Scanner de Vulnerabilidades

Share

Costumo dizer que o sucesso de um pentest está diretamente ligado as informações que o analista consegue obter nas fases iniciais do teste, como a enumeração por exemplo.

Para tal, uma ferramenta bem interessante que pode auxiliar na obtenção destas informações é o Striker. Escrito em Python, ele é dividido em 4 fases: Descoberta da superfície de ataque, Sweeping, Information Gathering agressivo e Scanner de vulnerabilidades.

O Striker está disponível no GitHub (neste link) e pode ser facilmente instalado assim:

git clone https://github.com/s0md3v/Striker.git

cd Striker

python3 striker.py [alvo]