Sincronizando dados com rsync – Grsync

Share

No último post comentamos que iríamos abordar sobre uma solução simples e eficiente de backup. Entretanto, não poderia deixar de apresentar uma ferramenta do comando rsync que apresenta um correspondente em modo gráfico, o Grsync.

Utilizando o Grsync

Para aqueles usuários que não são muito fã de linha de comando ou simplesmente quer mais facilidades o Grsync é a solução. O mesmo é um programa que serve para controlar o que o rsync e apresenta diversas opções semelhantes a linha de comando. Um item bacana no Grsync, ele guarda suas sincronizações podendo ser utilizado em outras situações sendo possível sincronizar vários conjuntos de pastas sem ter que escrever o comando rsync 20x ou usar o shell-script.

O Grsync pode ser instalado na maioria das distribuições com os repositórios padrão. Ele sempre tem o nome “grsync” e atualmente está na versão 1.2.2. Sua interface gráfica é bem simples e intuitiva, além de dar acesso as principais funções do rsync,  ele também as explica e permite usar as funções mais avançadas.

Mão na massa…

A interface do Grsync é sem mistérios devendo especificar a origem e destino das pastas a serem sincronizadas nos campos. Nas opções básicas sempre é interessante deixar marcado as opções listadas abaixo:

– Preserve time;

– Verbose;

– Show transfer progress.

Agora se você necessitar de utilizar opções avançadas o mesmo possui uma aba com diversas opções e também com opções extras, vale a pena instalar e conferir este software. Abaixo segue alguns screenshots da ferramenta.

grsync

 

grsync2

 

Fonte

 

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.