Que tal streaming de vídeo grátis no Linux via Torrent?

Share

Se você está preocupado com o futuro das suas noites de cinema em casa agora que o The Pirate Bay está nessa história de “vai ou não vai”, fique tranquilo. A dica de hoje vai te salvar!

O pessoal do PopCorn Time, um dos streamings de vídeo mais controverso da atualidade, liberou um aplicativo beta pra Linux que funciona em qualquer distribuição.

Pra quem não conhece, o PopCorn é um dos serviços de streaming de mídia mais aclamado no mundo inteiro e ultimamente esteve envolvido em alguns problemas pois começou a liberar conteúdos regidos por copyright de graça! (sim, isso é pirataria… mas o TPB também é, não é mesmo?). Antes ele funcionava online mas como ficou um tempo com seu domínio bloqueado, mudou seu foco para aplicativos de desktop.

Questões legais de lado, o funcionamento do PopCorn é interessante pois é via torrent, o que na maioria das vezes permite downloads a velocidades incríveis.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Instalação

Se você usa Ubuntu ou Linux Mint, abra seu terminal e execute os comandos abaixo:

sudo add-apt-repository ppa:webupd8team/popcorntime
sudo apt-get update && sudo apt-get install popcorn-time

E se você usa outra distribuição, acesse este link e baixe o tar.gz pra Linux. Após baixado, extraia-o e execute o binário:

tar -zxvf Popcorn*
mv Popcorn*/ /opt
cd /opt
chmod +x Popcorn-Time
./Popcorn-Time

O bacana desse aplicativo é que você ainda pode escolher legendas em diversas línguas.

Controlando seu PopCorn Time pelo Android

Essa é uma dica super bacana dentro da nossa dica de hoje :-)

Com o App MicroWave, que você pode baixar na Play Store neste link, você consegue transformar seu Android em um controle remoto. Agora ficou fácil desfrutar das suas noites de cinema em casa, não é mesmo?

Selección_167

Com informações do Ubuntizando.

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.