OpenPGP agora é suportado diretamente nos browsers

Share

Desenvolvedores da Recurity Labs desenvolveram uma implementação do OpenPGP em JavaScript, para ser usada diretamente em browsers. Um protótipo do GPG4Browsers está disponível como uma extensão do Google Chrome e pode ser usado com o serviço de webmail do Google.

A extensão já permite aos usuários criptografar e descriptografar e-mails, adicionar e verificar assinaturas e certificados de importação e exportação. No entanto, ao contrário do GNU Privacy Guard (GnuPG), o software não oferece atualmente nenhuma maneira de compressão de dados.

O código fonte do GPG4Browsers está disponível para download como arquivo ZIP ou à partir de um repositório Subversion, e está licenciado sob a versão 2.1 da GNU Lesser General Public License (LGPL).

 

 

Fonte: www.h-online.com

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.