O Google enviou notificações sobre hackeamento para 20 Mil Webmasters

Share

Matt Cutts, chefe da equipe Anti-Spam do Google, anunciou no seu Twitter que a gigantes das buscas enviou notificações para 20.000 sites, informando que foram hackeados. Neste evento em especial, o Google notificou sites que estariam fazendo “redirecionamentos estranhos”.

Isso significa que o algum hacker obteve acesso a htaccess destes sites e criou redirecionamentos para que, usuários que clicarem no link destes sites na busca do Google, sejam redirecionados para outros sites. Um ano atrás, o Google começou a marcar sites hackeados e sites com malware, como sites que podem comprometer os resultados de busca.

Se um site foi hackeado, isso significa que um terceiro assumiu o controle sem a permissão do proprietário. Nestes ataques é comum que hackers mudem o conteúdo de uma página, adicionem novos links, ou adicionem novas páginas ao site. A intenção pode incluir phishing para enganar os usuários e induzi-los a compartilhar informações pessoais, principalmente de cartão de crédito, ou enviar spam.

Se você possui um site, a dica é utilizar ferramentas que monitorem constantemente atividades estranhas em seu servidor, como uma mudança de MD5, por exemplo. Uma ferramenta simples e muito eficaz para esse fim é um script chamado IronGeek, que lhe informa por email quaisquer alterações no MD5 dos arquivos do seu site.

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.