Kernel Linux recebe a primeira tentativa de Secure Boot nativo

Share

Matthew Garrett, o desenvolvedor da Red Hat que ficou conhecido por trazer a tona a intenção da Microsoft com o Secure Boot à partir do lançamento do Windows 8, publicou no fórum de mensagens dos desenvolvedores do Kernel Linux, o LKML, a sua primeira tentativa de implementar um Secure Boot nativo diretamente no Kernel.

Segundo ele, alguns patches foram inseridos e alguns avanços foram alcançados, porém ainda falta para esta implementação ser liberada como estável na árvore do kernel.

O Secure Boot é uma tecnologia que visa carregar somente Sistemas Operacionais “assinados como seguros” nos hardwares. Apesar de já existir e ser amplamente utilizada pela Apple em seus MACs, a Microsoft quer estendê-la aos fabricantes de PCs que quiserem vender seus hardwares com Windows 8. Na prática, máquinas que vierem com a nova versão do Sistema Operacional da Microsoft não poderiam rodar outros Sistemas Operacionais em Dual Boot ou em substituição ao Windows.

Todo este “tempo perdido” que desenvolvedores e engenheiros estão gastando não seria necessário se o “Pérola Negra do Bill Gates”: a Microsoft, não impusesse esta tecnologia aos fabricantes de computadores. Ainda bem que somos uma Comunidade e não estamos nos deixando abater com estas medidas. Estamos unidos, não para atacar a Microsoft, mas sim para acharmos soluções criativas e úteis a este fato.

Com informações daqui

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.