Identificando o hardware no seu sistema linux

Share

Por padrão, as distribuições linux possui algumas ferramentas para identificar o hardware, tais como, lspci, lsusb entre outros. Porém, hoje apresentaremos outras possibilidades que pode detalhar melhor seu hardware, tais como, lshw e dmidecode.

lshw

lshw é uma ferramenta para fornecer informações detalhadas sobre a configuração da máquina de hardware. O mesmo informa configuração de memória, versão de firmware,configuração de placa-mãe, versão de processador e velocidade, configuração de cache, entre outras informações.

Instalação

RedHat/CentOS/Fedora

# yum install lshw lshw-gui

Debian/Ubuntu

# apt-get install lshw lshw-gtk

 

lshw-gtk
lshw em modo gráfico.

Para maiores detalhes de utilização da aplicação, clique aqui.

Dmidecode

Semelhante ao lshw, a ferramenta dmidecode fornece inúmeras informações sobre o hardware de seu computador diretamente no terminal. As formas mais utilizadas são as seguintes:

# dmidecode -s

O comando acima oferece as seguintes opções abaixo:

bios-vendor

bios-version

bios-release-date

system-manufacturer

system-product-name

system-version

system-serial-number

system-uuid

baseboard-manufacturer

baseboard-product-name

baseboard-version

baseboard-serial-number

baseboard-asset-tag

chassis-manufacturer

chassis-type

chassis-version

chassis-serial-number

chassis-asset-tag

processor-family

processor-manufacturer

processor-version

processor-frequency

Obtendo o fabricante do notebook:

# dmidecode -s system-product-name

Obtendo a frequência do processador:

#dmidecode -s processor-frequency

Agora…digitando o comando abaixo obtemos:

# dmidecode -t

dmidecode: option requires an argument — ‘t’

Type number or keyword expected

Valid type keywords are:

bios

system

baseboard

chassis

processor

memory

cache

connector

slot

Informações da placa-mãe

# dmidecode -t  baseboard

O comando dmidecode e lshw oferece uma infinidade de opções. Agora, é utilizar o comando de acordo com uma necessidade, por exemplo, preciso saber qual processador está sendo utilizado nesta estação de trabalho (dmidecode -s processor-frequency) e assim por diante.

 

Fonte: man dmidecode, lshw

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.