Google irá notificar usuários infectados com o malware DNSChanger

Share

Hoje o Google anunciou que estaria liderando uma campanha para notificar os usuários cujos PCs foram infectados pelo malware DNSChanger. O malware é parte de um esquema que veio à tona em novembro passado, quando o Departamento de Justiça dos EUA acusou sete homens da Estónia e da Rússia, de orquestrar diversas fraudes na Internet. Os usuários indiciados foram infectados com o malware DNSChanger, depois de clicarem em links maliciosos. (leia mais sobre o DNSChanger aqui).

Uma vez que as falhas nos servidores de DNS foram descobertas, uma organização sem fins lucrativos chamada Internet Systems Consortium substituiu os servidores com a ajuda de uma ordem judicial, e Paul Vixie, fundador do ISC, estimou que  500.000 PCs foram infectados ao redor do mundo. O problema é que esta ordem judicial que amparou a substituição dos servidores expira em 09 de julho do corrente ano, e os antigos servidores infectados voltarão a ativa, deixando centenas de milhares de pessoas sem Internet.

O Google já vem tentando notificar os usuários infectados, porém seu sucesso foi insignificante, tendo em vista que as notificações normalmente são em Inglês, e apenas metade dos usuários afetados falam Inglês como língua principal. O Google diz que vai tentar notificar as vítimas dentro de uma semana no seu idioma preferido (ou a linguagem que eles usam nos produtos do Google) e fornecer algumas recomendações para limpar os dispositivos e restaurá-los para os servidores DNS apropriados.

O método de reconhecimento/notificação que o Google adotou, é semelhante ao usado no ano passado, quando o Google recebeu requisições de diversos proxies infectados por malwares.

Fonte