Google ganha batalha contra a Oracle pelo Java no Android

Share

Enfim terminou mais uma novela sobre violação de patentes e direitos autorais. Saiu ontem o veredito no tribunal da Califórnia inocentando o Google sobre o uso de direitos autorais do Java na plataforma Android.

Essa briga começou lá em 2005, quando o Google comprou da Sun Microsystems o Android que usava a API Java em seu sistema. Em 2008 o Google lança o Android com sucesso.

Em 2009 a Oracle compra a Sun Microsystems e todas as suas patentes incluídas (O Java também) . Já em 2010 a Oracle processa Google por violação de direitos autorais sobre o uso de APIs Java e violação de licença para o projeto do sistema. Ela queria um retorno de US $ 6 bilhões.  Após reclamação do Google, a indenização cai para US $ 1 bilhão.

Em Abril agora, retorna o processo, com o Google parcialmente culpado, estimando uma compensação à Oracle de US $ 100 milhões. Posteriormente o Java é patenteado como um todo, mas os componentes individuais não são, o júri irá discutir o “uso justo” da linguagem de programação do Google no Android.

Ontem o júri da Califórnia decidiu a favor do Google: ele  não é culpado de violação de licença da Oracle no que diz respeito à concepção e comercialização de Android.

Em relação a outras 37 APIs em Java: se houver violação de direitos autorais, será estabelecido um novo processo contra o Google.

Acho que a batalha não se encerra por aqui. Haverá outras brigas envolvendo o Java e o Android. É muita grana para a Oracle deixar de graça. É questão de tempo para haver um novo processo de patentes entre essas duas gigantes de tecnologia. Enqanto isso, podemos ficar tranquilo, pois o desenvolvimento do Android não será afetado por brigas judiciais (por enqanto…)  .

Fonte: http://www.groklaw.net/