FBI alerta sobre um novo vírus que literalmente desconecta o usuário da Internet

Share

Existem estudos que apontam que a cada dia 3000 novos vírus de computador são criados no mundo. Muitos deles acabam não se proliferando e outros chamam a atenção de órgãos importantes como o FBI, como é o caso do novo vírus DNS Changer.

O novo vírus promete “acabar com a internet” de diversos usuários ao redor do planeta até o dia 09 de julho. Será que ele pode fazer isso? Sim pode, pois a finalidade do vírus é alterar as configurações de DNS da sua máquina redirecionando-a para um servidor DNS “pirata”, e logo seu sistema não será capaz de resolver os IPs dos sites pelos nomes de domínios dos mesmos. Segundo o FBI, algumas pessoas já estão sofrendo com este vírus e perderam conexão total com a internet.

(Clique aqui para entender melhor como funciona a resolução de DNS na internet)

Um grupo de trabalho (DCWG – DNS Change Work Group) foi criado para analisar a ameaça e sugerir possíveis soluções. A equipe reúne membros das seguintes instituições especializadas em segurança digital: Georgia Tech, Internet Systems Consortium, Mandiant, National Cyber-Forensics and Training Alliance, Neustar, Spamhaus, Team Cymru, Trend Micro, e da  University do Alabama, e está sendo incentivado e dirigido pelo FBI.

O DCWG criou ferramentas para lhe ajudar a entender o DNS Changer e verificar se a sua máquina foi infectada. Se você visitar este site http://www.dns-ok.us/ e aparecer a imagem abaixo no seu navegador, está tudo ok com sua máquina. Caso contrário, você já foi infectado. Segundo os especialistas, ocorre um tempo de “incubação” até que o vírus comece a funcionar plenamente, por isso é extremamente imprescindível a consulta ao site de verificação.

No entanto, não existe ainda relatos da ameaça para sistemas Linux, porém cabe ressaltar que toda a informação sobre o vírus é muito recente e acima de tudo, não custa nada visitar o site e se certificar.