#DicasLPI – 104.5 – Controlar permissões e propriedades de arquivos – Parte 4

Share

Chegando ao final de mais uma saga, iremos explicar sobre o umask e sua utilização. Aproveitando o ensejo, iremos apresentar mais alguns exemplos na utilização de comandos para controlar permissões e propriedades de arquivos.

umask

O umask é um filtro de permissões para criação de arquivos. As permissões para novos arquivos criados são atribuídas a partir da definição existente no arquivo. Os valores do comando umask são baseadas no valor 666, isto é, a saída padrão e a entrada do comando umask são subtraídas desse valor. A máscara-padrão de criação de arquivos do Unix é 022, isto é, a permissão de criação e acesso dos arquivos é 666 – 022=644 (rw-r–r–), o que significa que o usuário tem direito de ler e escrever , mas não de executar; o grupo de usuários e os outros têm direito apenas de ler, mas não de escrever nem executar.

# umask

Mostra a máscara de criação de arquivo atual.

Exemplos de gerenciamento de privilégios:

Alterando o dono e grupo do diretório /dados/projeto (dono root,grupo sist):

# chown -R root.sist /dados/projeto

Agora, se faz necessário que os usuários do grupo sist criem arquivos no diretório /dados/projeto e que todos os arquivos criados nesse diretório pertençam ao grupo sist:

# chmod 2775 /dados/projeto (rwxrwsr-x)

Alterando somente o grupo

# chgrp root.redes /dados/projeto

Aplicando Sticky:

# chmod 1750 programa_estudo.sh

# ls -lah programa_estudo.sh

-rwxr-x–T 1 root root 2,5M 2012-09-25 23:27 programa_estudo.sh

 

Com isso, encerramos essa saga com alguns exemplos para massificação do conhecimento. Próximo post, 104.7 – Encontrar arquivos de sistema e conhecer sua localização, até a próxima !!!

 

 

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.