Dez dicas para manter seu celular protegido, como um passe de mágica

Share

Fotos que vazam na internet, números confidenciais que são compartilhados, dados pessoais amplamente divulgados… Estas são apenas algumas das consequências envolvendo a invasão de celulares e smartphones. Os riscos tendem a se tornarem ainda mais graves, nos casos quando o aparelho não possui nenhuma medida de proteção contra hackers e criminosos do mundo virtual.

Em tempos de intensa atividade online, contar com recursos capazes de assegurar a sua privacidade e proteção é fundamental. Por isso, que tal conferir algumas dicas para proteger os dados de seu celular ou smartphone? Saiba mais!

1) Instale um bom antivírus. As opções variam entre versões gratuitas e pagas, e são facilmente encontradas na internet, em sites de empresas especializadas em softwares de segurança. Além disso, certos aplicativos também podem potencializar a proteção de seu aparelho, reforçando as barreiras contra invasões e ameaças. As alternativas variam de acordo com a marca do smartphone, sendo que cada sistema operacional possui um tipo específico de apps de segurança;

2) Utilize senhas diferentes para cada conta e login. Outra dica é investir em senhas bem elaboradas, fazendo combinações de diferentes caracteres como letras, símbolos e números para dificultar a ação de hackers e invasores;

3) Jamais clique em links e anexos suspeitos. Caso desconfie de algo, entre em contato com o responsável pelo envio da mensagem e não abra mão do bom senso para escapar de armadilhas capazes de baixar vírus no seu smartphone ou, até mesmo, roubar seus dados;

4) Faça downloads de sites confiáveis e fuja de aplicativos suspeitos. Antes de instalar algo em seu aparelho, verifique a qualidade do programa oferecido e certifique-se sobre a credibilidade de sua fonte. Busque a opinião de outros usuários, leia comentários e fique de olho no número de downloads realizados anteriormente para ter certeza de sua escolha;

5) Mantenha o sistema operacional do seu aparelho sempre atualizado. Não ignore notificações de atualizações recebidas e fique atento a mudanças e correções de problemas fornecidas pelas companhias de telefonia móvel;

6) Atualize a versão dos aplicativos instalados em seu celular. Caso a atualização não aconteça automaticamente, acesse o site responsável pelos aplicativos, como por exemplo, o Google Play do Android e a App Store do iPhone/iPad;

7) Deixe o Bluetooth desligado. Assim, além de economizar a bateria do seu aparelho, você ainda dificulta a invasão de hackers e pessoas mal intencionadas;

8) Evite utilizar redes de internet wi-fi desprotegidas, a fim de impedir que hackers roubem os dados de acesso do seu smartphone durante a conexão. A recomendação, portanto, é assinar um plano de internet 3G para não correr esse tipo de risco;

9) Recorra a autenticadores de login para proteger contas como a do Google ou Facebook. A opção é fornecida pelos próprios sites e utilizam mecanismos de segurança, como o envio de um código para seu e-mail ou celular, exigidos para liberar o acesso ao seu perfil (garantindo sua privacidade, mesmo que descubram a sua senha);

10) Invista em rastreadores e bloqueadores para smartphone. A alternativa é eficaz tanto para a proteção do aparelho, impedindo o acesso às suas informações (em caso de extravio), quanto para a sua localização (em situações de roubo). Assim, você conta com a dupla garantia de assegurar a sua privacidade e ainda tem mais chances de encontrar seu celular.

Os passes de mágica, na verdade, se resumem em cautela e segurança. Seguindo essas sugestões, será possível manter seu smartphone protegido e a salvo de invasões.

Este artigo foi criado pela equipe da Nextel para uso exclusivo do Seja Livre.

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.