Desbravando o comando tar – parte 4

Share

No último capítulo da saga, iremos demonstrar outras funcionalidades do comando tar.  O comando oferece a possibilidade de concatenar com outros e também podemos utilizar um arquivo para restringir extensões das quais não serão compactadas. Então…vamos ao que interessa !!!

Concatenação – tar + scp

O exemplo abaixo demonstraremos uma das diversas funcionalidades do comando tar:

# tar -zcvf ludolfs.tar.gz /home/ludolfs/sejalivre | scp ludolfs.tar.gz ludolf@10.12.4.53:/backup

Em determinado cenário necessitamos restringir o backup de certas “extensões” de arquivos. No nosso exemplo iremos criar um arquivo chamado exclude_file.txt contendo a lista de arquivos ou terminações que NÃO IREMOS COPIAR, segue abaixo exemplo de extensões que não iremos incluir na nossa rotina de backup:

 *.iso

*.ISO

*.jpg

*.XCF

*.html~

*.tmp

*.~*

*.bak

*.swp

core*.*

Salve em um diretório qualquer, neste exemplo utilizei /home/ludolfs/backup, na linha de comando do tar precisa indicar o caminho e nome do arquivo.

Segue exemplo abaixo:

 # tar -zcvf /var/www/intranet-`date +%d%m%y`.tar.gz -T /backup –exclude-from=/home/ludolfs/backup/exclude_file.txt

 

Com isso, todas as extensões contidas no arquivo “exclude_file.txt” não serão salvas no backup.

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.