Deletei meu Kernel sem querer… e agora, o que eu faço?

Share

Se você por alguma razão deletou o seu Kernel e não consegue mais inicializar o seu sistema, esse artigo pode lhe ajudar.

Antes de tudo, por compatibilidade, você precisa de um live CD/DVD da distribuição que pretende recuperar. Vamos lá? Mão na massa!

Para fins de exemplo vou usar o Ubuntu neste tutorial, porém você pode segui-lo em qualquer distribuição desde que use o gerenciador de pacotes específico pra ela.

Depois de iniciado seu sistema por Live CD, abra seu terminal e entre como root. Ou se preferir (e sua distribuição deixar) digite:

$ sudo su

Curiosidade: a senha de Root no Ubuntu, e na maioria das distribuições Live CD, é “root”, sabia?

Após estar como administrador, digite:

# fdisk -l

Este comando exibe todos os discos que tem partições montadas no sistema, e com ele vamos conseguir ver em qual partição temos o linux instalado.

kernel1

No meu caso eu tenho o Linux instalado na /dev/sda1. Com isto em mãos, vamos montar o nosso sistema dentro do sistema de arquivos do nosso Live CD, com os comandos abaixo:

# mount /dev/sda1 /mnt/

# mount -t proc none /mnt/proc

# mount –rbind /dev /mnt/dev

# mount –rbind /sys /mnt/sys

Agora sim podemos entrar nele:

# chroot /mnt/

Usaremos o comando “su” para tornar nosso usuário root, mantendo as variáveis de ambiente que foram criadas com o “chroot”:

# su –

Instalação do novo Kernel Linux

Dependendo do Live CD da distribuição que esteja usando, a versão do Kernel pode não ser a mais atual ou a mais indicada para o seu sistema. Com o comando “uname -a”,  vamos verificar qual a versão padrão do sistema.

kernel2

Agora sim, vamos a instalação. Você pode instalar o Kernel Linux por um dos 3 procedimentos a seguir.

Procedimento 1: pelo apt (ou outro gerenciador de pacotes, dependendo da sua distribuição).

Instale com os seguintes comandos:

# apt-get update

# apt-get install linux-image-3.8.0-29-generic

Procedimento 2: como atualização

Se preferir um Kernel atualizado você pode seguir a dica abaixo:

# cd /tmp

# wget http://ubuntued.info/kernels/kernel-3.11.2 -O kernel-3.11.2

# chmod +x kernel-3.11.2

# sh kernel-3.11.2

Procedimento 3: com o dpkg (ou outro gerenciador de pacotes, dependendo da sua distribuição).

Se você já atualizou seu sistema alguma vez, provavelmente terá o pacote de instalação do kernel no cache do apt. Para instalar pelo dpkg faça:

# cd /var/cache/apt/archives/

Para verificar o pacote de instalação use:

# ls | grep linux

kernel3

No meu caso, a instalação seria da seguinte forma:

# dpkg -i linux-image-3.8.0-29-generic_3.8.0-29.42~precise1_i386.deb

Após qualquer um desses procedimento reinicie e tudo iniciará normalmente.

Complemento

Se por alguma anomalia (talvez a mesma que transformou Neo no escolhido) o seu sistema não iniciar, provavelmente o grub não o reconheceu corretamente. Então reinstale o GRUB para não ter problemas. Neste post tem tudo explicado. Em resumo, pelo Live CD novamente:

$ sudo fdisk -l

Verifique onde seu sistema está instalado e monte-o.

$ sudo mount /dev/sda1 /mnt

$ sudo grub-install –root-directory=/mnt/ /dev/sda

$ sudo update-grub

Se o kernel estiver instalado corretamente tudo ocorrerá bem. Espero que ajude!

Artigo enviado por Harryson Barbosa Palheta

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.