Criando imagem de 1 bit no GIMP.

Share

Olá a todos.
Este é meu primeiro tutorial aqui no Seja Livre e o mesmo é sobre uma dúvida de um amigo feita pelo Facebook, que me perguntava como fazer uma imagem de um bit.
Primeiro vamos entender o processo do que é uma imagem em bitmap.

Usaremos a imagem a seguir para nosso tutorial.

original
Clique na imagem para ampliar

Quando vemos uma imagem de bitmap, vemos um aglomerado de “pontinhos” que dispostos formam a imagem.
Para vermos esses pontinhos, basta abrir a imagem em um programa de imagem, o GIMP é um desses programas, e dar um zoom o máximo que puder.
Esses “pontinhos” são chamamos de pixel e cada pixel é formado por uma tonalidade de cor, em caso de uma imagem colorida, ou tons de cinza em caso de uma imagem em tons de cinza.
Quando criamos uma imagem, definimos quantos DPI essa imagem terá. DPI significa Dot per inche. Ou PPP (Pontos por Polegadas) em português, que são pontos por polegada quadrada.
Então imaginemos uma área de uma polegada de altura por uma polegada de largura. A quantidade de pontos dentro dessa área é a quantia de DPI ou PPP que a nossa imagem tem.
Sendo assim, quanto maior a quantidade de DPI, maios a resolução (qualidade) da imagem.
Normalmente para a internet usamos 72 DPI, porém, para impressos, a imagem precisa ter uma resolução maior para que tenha uma boa qualidade quando impressas.

Muito bem, já que temos alguma ideia de como é formada uma imagem, podemos passar para o segundo capítulo que é como uma imagem de um bit funciona.

Uma imagem de um bit, é uma imagem formada apenas por pontos pretos e brancos.
Só isso?
Bom, não é só isso. Já que se convertermos uma imagem colorida em preto e branco, o que o programa de imagem fará, é transformar áreas escuras em preto e áreas claras em branco. Como podemos ver na imagem a seguir.

pb
Clique na imagem para ampliar

Como podemos ver, é uma imagem feia, chapada e sem graça. Já que perdemos muitos detalhes.
O que diferencia da imagem de um bit, é que nas imagens de um bit as “nuances” de cores são substituídas a partir das disposições dos pontos pretos. Que nos dará a “ilusão” de um tom de cinza, mas na realidade são apenas pontos de uma única cor. Ou seja, preto.
Então temos o seguinte cenário: Uma tela de fundo branco e pontos pretos dispostos de maneira a intensificar ou diminuir determinada tonalidade de cor.

Assim, quando dermos um zoom na imagem, não veremos uma área chapada de preto ou branco, mas sim áreas com maior ou menor aglomerado de pontos pretos no fundo branco.

Conforme podemos ver na imagem abaixo, os níveis de detalhamento é perceptível. O que não ocorre na imagem em preto e branco “convencional”. Olhando “de longe” parece que temos tons de cinzas, porém ao darmos um zoom na imagem, veremos apenas pontos pretos e brancos.

1bit
Clique na imagem para ampliar

Como gerar uma imagem de um bit no GIMP?

É muito mais fácil do que ler esse tutorial. Mas de nada adianta saber fazer sem entender como funciona, correto?

Então, agora, mãos a obra e vamos converter nossa imagem para um bit.

Salve a imagem original e abra no GIMP.

1 – Clique no menu IMAGEM, opção MODO e depois em INDEXADO;
2 – Selecione a opção “Usar paleta preto e branco (1 bit);
3 – Habilite a opção “Remover cores não utilizadas do mapa de cores”;
4 – Na opção “Retícula de Cores”, escolha a opção “Floyd-Steinberg(normal);
5 – Habilite a opção “Habilita retícula de transparência”.
6 – Clique em converter.

Pronto, sua imagem está feita em mapeamento de um bit.

Espero que tenham gostado e nos vemos em breve. ;-)

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.