Como alterar as configurações de DNS do Ubuntu 12.04 e Debian? [resolv.conf.d]

Share

Se você já está usando o Ubuntu 12.04 ou os updates mais recentes do Debian 6.x, deve ter reparado que o arquivo /etc/resolv.conf, que era responsável pela configuração do DNS em sistemas Linux, não existe mais. WTF????

Isso mesmo, no lugar dele foi implementado um pacote de scripts que, em conjunto com o NetworkManager e com o DHCP Client, alteram o DNS em conexões com IP dinâmico e/ou gerenciadas por PPPoE. No lugar do arquivo /etc/resolv.conf agora está o diretório /etc/resolvconf/, onde encontramos os arquivos responsáveis pelo gerenciamento de DNS resolv.conf.d/head e resolv.conf.d/base, dentre outros. Os quais não podem e não devem ser alterados manualmente, como era feito com o antigo resolv.conf.

Bom, nosso intuito não é explicar o porque da mudança, e sim como alterá-lo de forma simples e funcional. Para entender melhor essa mudança, acesse esse link. Neste exemplo irei utilizar o Ubuntu 12.04, porém a configuração no Debain não é muito diferente. Vamos lá!

Abra um terminal e digite:

sudo apt-get install resolvconf

Caso já esteja instalado, ok. Agora digite:

sudo nano /etc/resolvconf/resolv.conf.d/head

Será aberta a janela abaixo:

Abaixo do conteúdo já existente no arquivo, vamos digitar os servidores DNS que queremos inserir. No exemplo irei usar o DNS do Google 8.8.8.8 e o DNS raiz 4.2.2.2. A sintaxe deve ser essa:

nameserver   [IP_do_DNS]

O arquivo deverá ficar como o exemplo abaixo:

Após isso, pressione CRTL + X, pressione a tecla S e salve o arquivo como /etc/resolv.conf, como na imagem abaixo:

Agora digite:

sudo resolvconf -u

Reinicie sua máquina e abra o gerenciador de redes do seu sistema para conferir o DNS da sua conexão. Se você fez tudo correto, estará assim:

Para maiores detalhes e outras opções de configuração no Debian, acesse esse link.

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.