Cinnamon 1.3 – vejas as novidades da versão e aprenda a instalar este maravilhoso ambiente de trabalho

Share

A popularidade do Cinnamon começa a crescer dia após dia, principalmente devido à contínua evolução e atualizações lançadas para este ambiente de trabalho interessante. Para aqueles que não sabem ainda, Cinnamon é um fork do GNOME Shell, mas que é inspirado no estilo do GNOME 2, acrescido de algumas características.

Ontem, a versão 1.3 do Cinnamon foi liberada e apresentou os seguintes novos recursos:

  • O painel autohide ;
  • Melhorias para o menu, incluindo: clicando no botão direito do mouse sobre os ícones no menu você pode ter “Adicionar ao Painel”, “Add to Desktop”, “Adicionar / Remover de / para favoritos ‘ou configurar o texto;
  • Os lançadores do painel agora tem tooltips;
  • Agora os temas no diretório ~ /.themes são detectados;
  • Miniaturas de arquivos em temas Gnome Shell já estão sendo utilizados;
  • Além de outras inovações que você pode conferir nesta página .

 

Para habilitar algumas destas características, você precisa instalar o dconf

sudo apt-get install dconf-tools

Vá em “org” >> “cinnamon”, para escolher as opções de ativação.

Instalando o Cinnamon

Para instalar o Cinnamon no Linux Mint 12, abra um terminal e digite:

sudo apt-get install cinnamon-session

 

No Ubuntu 11.10, basta instalar este e este pacotes.

 

Site do projeto: http://cinnamon.linuxmint.com/?page_id=61