CEO da HP diz: o Android pode não continuar sendo Open Source

Share

Meg Whitman, a nova CEO da Hewlett-Packard (HP) predisse que o Android poderia ser fechado com a compra da Motorola pelo Google. Ela afirmou que está torcendo pelo WebOS, que a longo prazo, pode se tornar um poderoso sistema móvel Open Source.

A HP adquiriu o WebOS da Palm e anunciou um tablet TouchPad rodando WebOS, que infelizmente não foi bem recebido no mercado.

O Google comprou a Motorola para proteger-se de ataques contínuos da Apple e Microsoft, tendo em vista que seu modelo de negócios não é trazer o seu próprio hardware para o mercado, e sim gerar receita com anúncios.

Alguns especialistas não vêem qualquer razão para o Google abandonar seus “outros” parceiros. Por que o Google iria querer perder 70% do mercado móvel com o Android, meta alcançada através dos seus parceiros Samsung, HTC, Sony, LG e etc? Mesmo assim, a Samsung já declarou que está pensando em uma alternativa ao Android, para não ter que depender do Google.

Quanto ao “fechamento” do Android, está em causa não parece criar qualquer vantagem estratégica para o Google, que tem deixado claro que quer continuar trabalhando com a comunidade Linux para fundir o kernel do Android como um kernel Linux mainline.