Canonical continua trabalhando duro pra melhorar a performance do XMir

Share

Na última semana Mark shuttleworth, fundador da Canonical e “pai do Ubuntu”, comentou sobre sua experiência com o Mir, o novo servidor gráfico do Ubuntu. Segundo ele a performance está incrível e sensivelmente mais rápido que o X, porém mesmo assim ainda não é o suficiente…

Christopher H. Rogers, um dos engenheiros da Canonical, anunciou que eles ainda estão trabalhando duro pra melhorar a performance e o desempenho do XMir (a camada de interação entre o X11 e o Mir). Segundo ele, uma série de testes estão sendo realizados e já conseguiram atingir uma melhoria de 10 %~ 20%. Essa nova marca já é uma grande vitória tendo em vista as enormes diferenças nos modelos de renderização entre o X e o Mir.

No post, Rogers ainda afirma que apesar do sucesso nos testes do Mir, a Canonical ainda deverá manter o XMir no Ubuntu 13.10 e provavelmente implementar o Mir no Ubuntu 14.04 LTS. Até por que, como se trata de uma versão LTS, eles teriam mais tempo de estabilizar a plataforma.

Independente do investimento da Canonical no Mir e das boas notícias sobre a plataforma, as comunidades de desenvolvimento do Kubuntu (Ubuntu com KDE) e Lubuntu (Ubuntu com LXDE) já anunciaram que não irão implementar o Mir em suas distribuições, mantendo o X em um primeiro momento e planejando uma possível migração para o Wayland.

Fonte

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.