Cadê o som de inicialização do Ubuntu 12.04?

Share

Ontem, feliz da vida, baixei o Ubuntu 12.04 “Precise Pangolin” e corri pra instalá-lo no meu notebook. A instalação correu muito bem, tudo muito legal. Reiniciei minha máquina (até aí não havia reparado nada) e fui instalar algumas coisas fundamentais como o Java, alguns codecs e plugins de vídeo e áudio, fiquei surpreso ao ver que finalmente esta versão veio com o Flash instalado nativamente (apesar de ser o flash 11.2, a última versão disponível para Linux), e reiniciei novamente para ver a velocidade que o Ubuntu estava inicializando no meu hardware.

Aí veio o susto…. “cadê a musiquinha da inicialização do Ubuntu?!?!?”

Fui conferir minhas configurações de som e meu Ubuntu está tocando tudo normalmente, só a “musiquinha da inicialização” que não tocava…. daí lembrei de uma matéria que publicamos sobre como habilitar o som de inicialização do Ubuntu 12.04: não adiantou nada… corri pra internet. Encontrei em alguns sites gringos a mesma reclamação… cadê a musica? (se ainda fosse “Qual é a música?” tinha o Silvio Santos pra ajudar… nossa foi péssima a piada… rsrs)

Peguei um tutorial que “ensinava” a habilitar a música e testei. Abri um terminal e digitei:

/usr/bin/canberra-gtk-play –id=”desktop-login” –description=”GNOME Login”

Mais uma vez reiniciei a máquina e…. “Caramba, é a música do 11.10!”.

Se você não se lembra, nós comentamos aqui no Seja Livre que os desenvolvedores do Ubuntu realmente queriam tirar a tal musiquinha com a desculpa de “diminuir o tempo da inicialização”. Isso deu um tremendo pano pra manga e decidiram deixar a música. Por fim, até lançaram até um concurso pra escolha do “novo tema de som” do Ubuntu 12.04! E cadê o tal tema de som??

Sinceramente eu não sei o que houve… ainda não encontrei nenhum pronunciamento da equipe de desenvolvimento sobre isso, mas assim que resolver este “mistério”, vamos publicar aqui.

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.