The Document Foundation anuncia o LibreOffice 4.0

Eliane Domingos 07/02/2013 0
The Document Foundation anuncia o LibreOffice 4.0
Share

banner

A suíte livre para escritório que a comunidade vem sonhando há 12 anos

libo40-lancamento

Berlim, 7 de fevereiro de 2013 – The Document Foundation anuncia o LibreOffice 4.0, a suíte livre para escritório que a comunidade tem sonhado desde 2001. O LibreOffice 4.0 é o primeiro lançamento que reflete os objetivos imaginados pela comunidade desde o seu surgimento, em setembro de 2010: uma base de código mais limpa e enxuta, um conjunto melhorado de recursos, melhor interoperabilidade e um ecossistema mais diverso e abrangente.

LibreOffice 4.0: Uma comunidade em ebulição

Em menos de 30 meses, o LibreOffice cresceu dramaticamente e tornou-se o maior projeto de software independente, livre e focado em produtividade para o desktop do usuário final. A governança comunitária da The Document Foundation e a licença copyleft foram fundamentais para atrair o interesse de mais de 500 desenvolvedores – 75% voluntários independentes – que foram capazes de contribuir com mais de 50 mil comentários e correções do código.

O código fonte resultante é agora muito diferente do seu original. Com milhões de linhas de código adicionadas e removidas, com novos recursos, com bugs e regressões resolvidas, com a adoção do estado da arte em programação C++, com a substituição evolutiva de ferramentas de desenvolvimento, com o abandono dos métodos obsoletos e das bibliotecas antigas, e com a tradução de mais de 25.000 linhas de comentários do Alemão para Inglês, ficamos com um código fonte bem mais fácil de entender facilitando e gratificando sobremaneira a chegada de novos membros da comunidade.

“O LibreOffice 4.0 é um marco na interoperabilidade e uma excelente base para o nosso trabalho contínuo para melhorar a interface do usuário”, explica Florian Effenberger, Presidente do Conselho de Administração. “Nosso projeto não só é capaz de atrair novos desenvolvedores regularmente, como também cria uma plataforma transparente de cooperação baseada na forte ética de Software Livre, onde os desenvolvedores profissionais patrocinados e o trabalho voluntário dos desenvolvedores independentes estão alinhados com os mesmos objetivos.”

LibreOffice 4.0: Participação do Brasil

“Esta versão insere em definitivo a comunidade brasileira no desenvolvimento do LibreOffice” afirmou Olivier Hallot, integrante do Conselho de Administração da The Document Foundation. “Só temos a agradecer a participação do Marcos Souza, Ricardo Montania, José Guilerme Vanz, Rodolfo Ribeiro Gomes na limpeza do código e na implementação de novos recursos, a Gilvan Villarim pela tradução do LibreLogo, Raimundo Moura e equipe na implementação do corretor gramatical LightProof e muitos outros que nos ajudaram a tornar o LibreOffice um produto atualizado para o público brasileiro”, completou.

LibreOffice 4.0: Novos recursos

LibreOffice 4.0 oferece muitas novas características, relacionadas nesta página: http://pt-br.libreoffice.org/baixe-ja/novos-recursos/libreoffice-4-0

  • Integração com conteúdo e sistemas de gerenciamento de documentos – incluindo o Alfresco, IBM FileNet P8, Microsoft Sharepoint 2010, Nuxeo, OpenText, SAP NetWeaver Cloud Service e outros - através do padrão CMIS
  • Uma melhor interoperabilidade com DOCX e documentos RTF, graças a várias melhorias e novas funcionalidades, como a possibilidade de importação de anotações “à mão” e anexar comentários para intervalos de texto.
  • Possibilidade de importar documentos do Microsoft Publisher, e melhoria adicional de filtros de importação do Visio com a adição da versão 2013 (recém-anunciada).
  • Outras melhorias incrementais na interface, incluindo a integração com temas do Firefox (chamados de Personas), para dar uma aparência personalizada ao LibreOffice.
  • Nova técnica de programação para as caixas de diálogo, facilitando redimensionar e ocultar elementos, e reduzindo a complexidade do código. Servirá também como base para a inovação da interface do usuário.
  • Cabeçalhos e rodapés diferentes na primeira página de um documento do Writer, sem a necessidade de um estilo de página em separado.
  • Muitas melhorias de desempenho na planilha Calc, além de novas funcionalidades, tais como exportação de gráficos como imagens (JPG e PNG) e novas funções de planilhas, conforme as especificações do ODF OpenFormula.
  • Primeira versão do controle remoto de uma apresentação do Impress feita por telefones Android. Por enquanto somente disponível para versões Linux das principais distribuições (a segunda versão virá em breve para todas as plataformas: Windows, MacOS X e todas as distribuições Linux e pacotes binários)
  • Melhorias significativas de desempenho, ao abrir e salvar vários tipos de documentos, incluindo grandes planilhas ODS, planilhas XLSX e arquivos RTF.
  • Melhorias no modo de contribuição ao código graças ao Gerrit: Um sistema de revisão de código baseado na Web que facilita o uso do sistema de controle de versão chamado Git, para controle de projetos (embora este sistema não seja específico do LibreOffice 4.0, ele foi introduzido na fase de produção, antes do ramo 4.0).

LibreOffice 4.0: “Segredos” da nova versão

Há uma série de correções e melhorias, principalmente do interesse para os desenvolvedores: https://wiki.documentfoundation.org/ReleaseNotes/4.0#API_Changes

Mantivemos uma excelente compatibilidade retroativa para as extensões legadas, reforçando o compromisso da The Document Foundation em ser mais pró-ativa para a evolução da APIs UNO, com mais funcionalidades a serem substituídas, e eventualmente removidas, no devido tempo e de acordo com o ciclo de lançamentos semestrais, para toda a série dos lançamentos do LibreOffice Versão 4.x.

Durante os últimos sete meses, desde o ramo do LibreOffice 3.6 e durante o ciclo de desenvolvimento do LibreOffice 4.0, os desenvolvedores fizeram mais de 10.000 comentários e correções. Em média, um comentário ou correção a cada 30 minutos, incluindo fins de semana e período de férias: Um testemunho ainda mais extraordinário da vitalidade do projeto.

Como baixar o LibreOffice 4.0?

O LibreOffice 4.0 pode ser baixado imediatamente disponível para download a partir do seguinte link: http://pt-br.libreoffice.org/baixe-ja/.

As extensões para o LibreOffice estão disponíveis no seguinte link: http://extensions.libreoffice.org/extension-center.

Os registros de mudanças estão disponíveis em

https://wiki.documentfoundation.org/Releases/4.0.0/RC1 (correções no 4.0.0.1),

https://wiki.documentfoundation.org/Releases/4.0.0/RC2 (correções no 4.0.0.2) e

https://wiki.documentfoundation.org/Releases/4.0.0/RC3 (correções no 4.0.0.3).

Como apoiar o projeto LibreOffice e a Document Foundation?

Usuários do LibreOffice, defensores de software livre e membros da comunidade podem apoiar a The Document Foundation e o projeto LibreOffice através de doações, seja por PayPal ou cartão de crédito no link: http://donate.libreoffice.org.

Os recursos arrecadados serão usados para ampliação da infraestrutura, e apoio as atividades de marketing, para aumentar a abrangência do projeto, tanto a nível global como local.

Sobre a Document Foundation

The Document Foundation é uma organização aberta, independente, autogovernada, meritocrática, montada sobre os dez anos de trabalho dedicados para a comunidade OpenOffice.org. A TDF foi criada na crença de que a cultura de uma fundação independente agrega o melhor dos esforços de empresas e de voluntários, produzirá a melhor suíte de escritório. A TDF está de braços abertos a qualquer indivíduo que concorde com seus valores primordiais, que contribua com suas atividades, e recebe calorosamente a participação de empresas, por exemplo, através de alocação de pessoal que trabalhe de igual para igual com os demais contribuidores da comunidade. Em Janeiro de 2013, a TDF tem 150 membros e mais de dois mil voluntários e contribuidores ao redor do mundo.

Contatos para mídia

Eliane Domingos de Sousa (base no Rio de Janeiro, Brasil, UTC-3) E-mail: elianedomingos@documentfoundation.org – Skype: elianedomingos

Florian Effenberger (base em Munique, Alemanha, UTC+1) E-mail: floeff@documentfoundation.org – Skype: floeff

Charles H. Schulz (base emParis, França, UTC+1) E-mail: charles.schulz@documentfoundation.org

Italo Vignoli (base em Milan, Itália, UTC+1)E-mail: italo.vignoli@documentfoundation.org – Skype: italovignoli GTalk: italo.vignoli@gmail.com

Tradução voluntária: David Emmerich Jourdan

Complemento de conteúdo: Olivier Hallot

PUBLICIDADE

Clique Aqui

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+. Se você usa ORKUT, nós também estamos lá, inclusive no IDENTI.CA e Linkedin.