Por que eu devo aprender Python?

Share
banner

Dizem que se você quer trabalhar no Google o caminho mais fácil é aprender Python. Será que este é o único motivo?

De fato, a linguagem Python é usada intensivamente pelo Google – apesar de não ser a única – e é também usada por outras grandes empresas de internet como por exemplo o DropBox e Disqus. Mas ao mesmo tempo que é usado em ambientes de missão crítica que suporta milhões de usuários diariamente , ela também é indicada como a linguagem mais apropriada e fácil para quem vai aprender programação.

São por estes 2 motivos – aparentemente tão antagônicos – é que torna o Python é uma linguagem tão poderosa.

Veja abaixo alguns motivos para você aprender Python.

  • Fácil de Aprender

Mas não se iluda, pois esta simplicidade não significa ser inferior as demais linguagens. Aprender a programar em Python é algo mais simples principalmente quando se quer iniciar na programação orientada a objeto. Python também requer menos código para concluir tarefas básicas, tornando-se uma linguagem econômica para aprender. Código Python é muitas vezes de 3 a 5 vezes mais curto do que Java, e de 5 a 10 vezes menor do que C ++. Quanto menos código se escreve menor a probabilidade de erros para quem está iniciando.

Por este motivo, Python pode ser seu trampolim para o universo de programação. As empresas estão procurando programadores flexíveis e Python vai ajudá-lo a chegar lá. Python é uma linguagem orientada a objetos, como Javascript, C ++, C #, Perl, PHP, Ruby e outras linguagens de programação chave. Para as pessoas que pretendem se tornar desenvolvedores de software, aprendendo os conceitos de programação que existem na linguagem Python elas poderão facilmente adaptar-se em outros ambientes.

  • Python é DEVOPS

Se você é um profissional de infraestrutura de T.I. e quer se aventurar na área de programação; Python é a linguagem mais natural pois ela é a que mais se aproxima do mundo DevOps (Desenvolvimento e Infraestrutura). Aprender um linguagem para resolver problemas de infraestrutura e começar a enxergar a sua infraestrutura como código pode ser o caminho mais fácil para um SysAdmin se tornar um programador. Enquanto para o Mundo de Infraestrutura, é possível fazer scripts que ajudam qualquer SysAdmin você pode posteriormente ir para o mundo DEV e construir aplicações Web ou corporativas com Python. Resumindo: Python é uma linguagem que navega muito bem no DevOps.

  • Menor distância para o emprego de desenvolvedor.

Por mais que muitos programadores sintam um prazer enorme – como se estivessem criando uma obra de arte enquanto codificam – não podemos descartar o aspecto financeiro da escolha de uma linguagem de programação. Não possuímos números do Brasil sobre popularidade de linguagens ou oportunidades de empregos mas o mercado americano e mundial podem nos dar uma boa ideia sobre quais as linguagens que devem gerar mais oportunidade de empregos. O Python está entre elas.

O IEEE é a maior associação mundial de profissionais dedicados à engenharia, as ciências aplicadas e ao avanço tecnológicos e por isso é muito preocupado em medir tendências tecnológicas. O IEEE Spectrum ( http://spectrum.ieee.org/ ) é responsável pela revista e o website do IEEE e anualmente publica o ranking que classifica a popularidade de dezenas de linguagens de programação. O rankings são criados através da ponderação e combinando 12 métricas de 10 fontes diferentes e esta abrangência dá credibilidade ao ranking. Veja a popularidade das linguagens em 2014.

O RedMonk ( www.redmonk.com) é uma empresa de análise de mercado focada em desenvolvimento de software e em seu ranking de Janeiro de 2015 sobre a popularidade das linguagens de programação nos fornece um ranking muito similar ao ranking do IEEE e coloca o Python entre as mais populares no GITHUB e no Stack OverFlow.

:

Reflita sobre estes 3 fatores acima quando for escolher qual linguagem de programação aprender.

Conheça os cursos que a 4Linux oferece de Python.

Curso Python Fundamentals      Python Programming for SysAdmins       Palestra Python Brasil

PUBLICIDADE


Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.

Sobre o Autor

Blogueiro, fundador do Blog Seja Livre, Nerd inveterado, louco por Linux e músico nas horas vagas. Atualmente é o Editor Chefe, Consultor de SEO e Webdesign do Seja Livre, e possui algumas certificações em Linux e Administração de Redes.

  • José Bernardes

    Eu achei super interessante a possibilidade de poder utilizar C++ e python tanto com Pyqt e Pygtk (open source).
    Eu achei o máximo pois faz-se o caroço do soft em c++ e os módulos são todos em python. Pra quem quiser ter uma ideia como fica, utilize o Blender.
    show de bola!!

  • Super Suporte

    ok