Mapear unidades de rede no Ubuntu permanentemente

Share
banner

 

Tenho visto muitos posts na internet ensinando a mapear unidades de rede no Ubuntu permanentemente, ou seja, mesmo que reinicie a máquina. E nestes posts o pessoal realmente ensina formas corretas de se fazer isso, porém não muito práticas… vi até um comentário em um destes posts dizendo assim:

“Se o Ubuntu, que é uma das distros mais user friendly, o processo de manter um mapeamento de rede permanente é tão complicado assim, como vcs querem que as pessoas comuns usem Linux?”

E é justamente pra mostrar que as pessoas comuns podem sim usar o Linux, que eu decidi escrever este post.

Vamos ao passo-a-passo:

– abra seu Nautilus ( o gerenciador de arquivos do Ubuntu – aquele ícone de um arquivo na barra lateral do Ubuntu)

– clique em “Arquivo” > “Conectar ao Servidor”

– na caixa de diálogo que irá aparecer, digite o caminho de rede completo do diretório que quer montar. Digamos que seja o diretório “Antigos” dentro do servidor 192.168.60.2. Logo o caminho ficaria assim:

smb://192.168.60.2/Antigos

Captura de tela de 2014-08-29 11:47:57

Nesta imagem está aparecendo uma mensagem de erro pois a máquina que estou usando para escrever o post não está em rede ;-)

– e clique em “Conectar”. Caso a sua rede necessite de logon, digite os dados de acesso necessários (Login, Domínio e Senha) e não se esqueça de deixar marcado a opção “Lembrar para sempre”.

– Seu diretório de rede já está montado, porém se você reiniciar sua máquina, terá que fazer tudo novamente. Logo, pra manter seu diretório montado permanentemente, ache o ícone dele na barra lateral esquerda no seu Nautilus, clique com o botão direito nele e vá em “Adicionar marcador“. Escolha um nome pra sua unidade de rede (no meu caso eu coloquei Z:/Antigos) e salve.

Captura de tela de 2014-08-29 11:21:22

Agora toda vez que você abrir seu Nautilus a sua unidade de rede já estará aparecendo pra ser montada com apenas dois cliques do mouse.

Captura de tela de 2014-08-29 11:20:52

E ai, é difícil fazer isso? Sinceramente o processo é muito parecido quando feito no Mac OS X ou no Windows.

PUBLICIDADE


Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+.

Sobre o Autor

Blogueiro, fundador do Blog Seja Livre, Nerd inveterado, louco por Linux e músico nas horas vagas. Atualmente é o Editor Chefe, Consultor de SEO e Webdesign do Seja Livre, e possui algumas certificações em Linux e Administração de Redes.

  • Fabian Rattoni

    fiz e deu certo, mas agora, como eu faço para que nao seja mostrada no desktop o tempo todo ?
    porque eu monto e desmonto pendrive o tempo todo, e fica chato a unidade atrapalhando ahi :D

  • André

    e para acessar essa pasta montada do servidor pelo terminal?