Expresso Livre ultrapassa as fronteiras da América Latina

Vinícius Vieira 13/08/2012 3
Expresso Livre ultrapassa as fronteiras da América Latina
Share

bannerMais de 520 mil brasileiros já utilizam o Expresso, uma solução que reúne funções de um gerenciador de e-mail completo com correio eletrônico, agenda, catálogo de endereços e mensageiro instantâneo em um mesmo ambiente. Porém, o sucesso da ferramenta nacional está abrindo novas fronteiras e despertando o interesse de outros países.

Constantemente, em reuniões do Comitê Gestor*, é debatido o incentivo à participação dos países vizinhos na Comunidade Expresso, como é o caso da Venezuela e Cuba que já utilizam a ferramenta. Um exemplo mais recente nessa “globalização” foi a adoção do Expresso na Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), em Foz do Iguaçu.

Atualmente, mais de 2 mil pessoas – dentre professores, servidores e alunos – utilizam a versão 2.2 do Expresso na universidade, que num prazo de 5 anos, deve contar com mais de 10 mil alunos, metade brasileiros e metade de outros países da América Latina.

O analista de sistemas Ruminiki Schmoeller, destaca que o Expresso “é uma ferramenta que contribui muito para a comunicação corporativa na Unila. Acredito que com a sua evolução constante, o Expresso Livre se tornará uma ferramenta de colaboração ainda mais eficiente.”, destacou.

Expresso Livre

Como os conhecidos Hotmail e Gmail, o Expresso Livre é uma solução que reúne funções de um gerenciador de e-mail completo, com correio eletrônico, agenda, catálogo de endereços e mensageiro instantâneo em um mesmo ambiente. O Expresso é nacional e desenvolvido por meio de um Comitê Gestor.*

O desenvolvimento do projeto iniciou em 2004, pela Companhia de Informática do Paraná (Celepar) e atualmente conta com mais de 520 mil usuários de 167 instituições e empresas de todo o Brasil.

Os usuários tem voz ativa no desenvolvimento do Expresso, o que ocasiona uma evolução natural da ferramenta e em sua usabilidade. Como se trata de uma solução colaborativa, os códigos desenvolvidos pelos programadores e analistas sempre são disponibilizados gratuitamente na Comunidade Expresso, que também conta com um fórum que permite a troca de experiências entre usuários e desenvolvedores.

Você pode baixar a última versão do Expresso Livre aqui neste link

Comitê Gestor*

Atualmente o Comitê Gestor do Expresso tem cinco representantes – Companhia de Informática do Paraná (Celepar), Prognus Soluções Livres, Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), Caixa Econômica Federal e Companhia de Processamento de Dados do Estado Rio Grande do Sul (PROCERGS).

PUBLICIDADE


Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+. Se você usa ORKUT, nós também estamos lá, inclusive no IDENTI.CA e Linkedin.