Entrando de cabeça no Yum – Parte 2

Deividson Ludolf 02/07/2012 0
Entrando de cabeça no Yum – Parte 2
Share

Dando continuidade a nossa saga “Entrando de cabeça no Yum”, iremos apresentar outras funcionalidades essenciais do comando Yum na administração e gerenciamento de um sistema Fedora, entre outros.

Outros subcomandos de informação

Uma opção bem interessante para o usuário Fedora são os grupos de pacotes oferecidos pelos repositórios do Fedora. Você pode instalar tanto um pacote simples, como um grupo de pacotes, ou seja, alguns pacotes que possuem características em comum.

No lugar de você instalar um pacote ou uma lista de pacotes, basta instalar um grupo. Exemplificando: no grupo “MySQL Database” você encontrará todos os pacotes básicos para a instalação do banco de dados Mysql, conforme figura abaixo:

Se você tem dúvidas quais os grupos de pacotes disponíveis utilize a opção abaixo:

# yum grouplist

Verificando o grupo de pacotes disponíveis utilize a opção opção “groupinstall” para instalação.Uma opção bem interessante quando você tem um servidor ou estação na qual diversos usuários utilizam a mesma, instalando pacotes, desinstalando e outros é a opção history. O comando yum history permite aos usuários consultar informações sobre um cronograma de operações Yum, as datas e horários em que ocorreram, o número de pacotes afetados, se as transações foram bem-sucedida ou abortadas, e se o banco de dados RPM foi alterado entre outras operações.

# yum history list all

Ahhh…quero ver um breve sumário do que fizeram:

# yum history summary

Se você tem dúvidas dos repositórios ativados em seu sistema utilize o subcomando repolist:

# yum repolist

Subcomandos de manutenção

Os subcomandos do Yum ainda incluem uma série de utilitários para ajudar a manter o sistema e resolver eventuais problemas. Utilizando o subcomando makecache irá baixar as informações sobre todos os pacotes em todos os repositórios ativados, sendo útil caso as informações estejam corrompidas ou se você alterou os repositórios.

Nas raras ocasiões em que surgem problemas de dependências, utilize o subcomando resolvedep. Uma ferramenta de manutenção extremamente útil é o utilitário clean . Executando o clean seguido de outras opções como: expire-cache, headers,metadata,dbcache ou all remove informações necessárias para o funcionamento do Yum. Entretanto, uma opção interessante de utilizar, na qual, remove pacotes que tenham sido baixados, mas não estejam instalados  no sistema é a opção packages:

# yum clean packages

Por isso, só deve utilizar o subcomando clean em caso de problemas com Yum. Caso persista dúvidas sobre a utilização dos subcomandos a documentação do projeto Fedora é um excelente guia de referência.

Fonte: man yum, documentação do projeto fedora, revista linux magazine

PUBLICIDADE


Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+. Se você usa ORKUT, nós também estamos lá, inclusive no IDENTI.CA e Linkedin.