Edite qualquer PDF com Master PDF Editor [Ubuntu]

Vinícius Vieira 01/08/2012 16
Edite qualquer PDF com Master PDF Editor [Ubuntu]
Share

bannerNós já mostramos aqui no Blog Seja Livre como criarmos documentos em PDF editável com nosso LibreOffice. Realmente é muito interresante esta dica, mas e quando recebemos ou baixamos um PDF que não é editável e precisamos editá-lo?

Para isso, vamos lhes apresentar hoje o Master PDF Editor. Ele é uma ferramenta interessantíssima, e sinceramente pra mim, é o melhor editor de PDFs que já vi.

Com ele você pode copiar, colar, recortar, excluir ou inserir qualquer coisa no seu PDF, seja textos ou imagens.

Antes

Depois

E o mais legal: ele está disponível, totalmente de graça, na Central de Programas do Ubuntu. Para instalá-lo clique aqui e será aberta sua Central de Programas automaticamente na tela de instalação do Master PDF Editor, ou se preferir, procure por ele na sua Central.

Repare que irá aparecer o botão “Comprar” ao invés de “Instalar”, porém repare também que o preço dele é U$ 0,00!

Após clicar em comprar, faça login com sua conta do Ubuntu Single Sing On (a mesma do Ubuntu One) e proceda a instalação.

E ai, gostou deste App? Compartilhe conosco a sua experiência.

Com informações daqui

PUBLICIDADE

Clique Aqui

Quer continuar por dentro das novidades do Blog Seja Livre? Siga o nosso perfil no TWITTER, curta a nossa página no FACEBOOK ou adicione o Blog Seja Livre nos seus círculos do GOOGLE+. Se você usa ORKUT, nós também estamos lá, inclusive no IDENTI.CA e Linkedin.

  • http://www.brazucadevweb.com.br Alex Tigre

    Vinícius, muito obrigado cara, esse software é show brother. muito bom, me ajudou muito mesmo!!! VLW…
    FLW…

  • Pingback: Instalando o Master PDF Editor em todas as distribuições Linux | Blog do Deividi

  • Pingback: Instalando o Master PDF Editor em todas as distribuições Linux | Blog Seja Livre

  • Pingback: Você sabe como juntar documentos em PDF no Ubuntu? | My Blog

  • L-Pianaro

    Vinicius,…. o programa nao esta aparecendo na central ” could not find… ” … uso Mint 13….. alguma dica ?
    Obrigado.

    • Vinícius Vieira

      Olá L-Pianaro!

      Eu não sei pq mas volta e mais isso acontece com este programa (comigo já ocorreu tb). Faça uma busca manual na Central de Programas pelo nome dele ou por PDF, que ele irá aparecer.

  • Pedro Pisandelli

    Já uso. Descobri antes de ler esse post. Realmente é muito bom mesmo. Antes eu editava no Inkscape (que só abre uma página por vez) e depois remontava tudo usando o pdfmod… mas se o PDF tivesse mais de 3 páginas eu nem fazia.
    Com o Master PDF Editor tudo ficou mais fácil.
    Notei que no site, ele custa cerca de $30 (e tem versão para Windows), para retirar a marca d’água. Mas comparando com os $499 do Acrobat X… ¬¬ Porém não vejo essa marca d’água na versão Linux. Espero que continue assim.
    A propósito, Vinícius, estou de acordo com sua resposta sobre “Ser Livre”. Parabéns pelo Blog e posts.

  • Alan

    “Não Encontrado” – Estou utilizando o Ubuntu 12.04 LTS.

    Alguma ideia de como devo proceder?

  • https://plus.google.com/u/0/115076555943721311144/ Daniel

    Se você não conseguiu abrir programa através da barra do unity faça o seguinte,
    Abra sua pasta pessoal ou qualquer outra pasta e APERTE Ctrl+L.
    Agora cole ou digite esse endereço na barra que abriu:
    /usr/share/applications
    Ache o Master pdf editor, clique 2 vezes p/ abrir. Depois de aberto bloquei ele na barra do unity.

    • http://gplus.to/hiper4tivo hiper4tivo

      Fiz o que você falou, e reclamou da permissão.

      Liberei a permissão, então…

      Nada aconteceu, editei o lançador com essa caminho que você forneceu e nada.

      Voltei ao anterior e nada…

      Depois resolvi digitar no terminal o comando que estava no lançador, que é “/opt/master-pdf-editor/pdfeditor” e funcionou.

      Então voltei ao lançador e coloquei como tipo “aplicativo no terminal” e também não funcionou.

      CONCLUSÃO:

      Para mim só abriu digitando o comando no terminal.

      Se alguém tiver alguma dica melhor por favor avise.

      • Daniel

        Eu fiz isso na primeira vez e deu certo.
        Depois de um tempo, fui tentar abri-lo e não consegui mais.
        O que eu fiz agora? O mesmo procedimento:
        Abri a pasta pessoal, apertei Ctrl+L e colei o endereço dito anteriormente ( /usr/share/applications ), teclei enter.
        Procurei então o ícone do Master pdf editor e o copiei para a área de trabalho.

        Agora ele abre!

        Tente isso.

    • Daniel

      Vi agora que bloquear na barra do unity não adianta. Mas sigam esse procedimento porém ao invés de bloquear na barra do unity copie o ícone do programa para a área de trabalho.

  • http://Seusite... FraterLinux

    Vinícius,

    Poderia explicar melhor o sentido do Seja Livre usado no blog, pois imaginamos um apoio incondicional ao Open Source que é onde existe a liberdade para o desenvolvedor e liberdade para o usuário. Porém, cada vez mais você apresenta e incentiva programas fechados. O programa funciona e é bom, mas o que achei curioso é o nome do blog versus as matérias…

    • Vinícius Vieira

      Olá Fraterlinux!

      Cara, primeiro eu quero te perguntar uma coisa: pra você, o que é liberdade?

      Pra mim, liberdade é fazer o que eu quero, da forma que eu quero. Inclusive quando me refiro a liberdade do software.

      Eu não uso Linux só por que ele é livre, mas sim porque, além de ser livre, é a melhor opção de SO que encontrei pras minhas necessidades. Eu incentivo o uso do Linux e das plataformas/softwares livres pois acredito que o usuário final deve ter a liberdade de escolher o que ele quer usar, e vejo no Linux algo muito maior que a própria liberdade: eu vejo esperança de progresso sem custos de licenças ou patentes que engessam nossas vidas digitais.

      Se você ler minha bio na página “Sobre” vai ver que trabalhei e trabalho muito com o mercado corporativo. Esse ambiente é interessante, pois podemos ter uma visão muito mais abrangente do que é a TI pro mundo de hoje em dia, e o que o Linux e os Softwares Livres representam nesse cenário.

      A tendência nesse ambiente (que no fim acaba refletido em nós usuários finais) é a liberdade aliada a estabilidade e a alta performance. Quer exemplos? A Red Hat, que oferece a melhor solução de Linux empresarial. Um Linux Open Source, como o que eu e você usamos, porém que tem custos. Inclusive não é só o RHEL que tem custos de licença: muitos pacotes são pagos também e não são nem licenciados pela GPL. Outro exemplo é o Xen, que é atualmente uma das melhores plataformas de virtualização do mundo Open Source, e é pago.

      Existem soluções 100% livres as que eu comentei? Sim, porém não dão a mesma estabilidade e performance que estas dão. Está conseguindo me acompanhar?

      Quando digo “Seja Livre” ou “Tecnologia com Liberdade”, me refiro ao conceito mais puro e simples de liberdade. Imagina eu chegar pra você, que nunca usou Linux, e falar: olha, o linux é livre, sabia? Só que pra ser 100% livre, você tem que usar estas e estas ferramentas, ou outras quaisquer que estejam sob estas licenças. Só assim você será um usuário livre.

      Eu estaria certíssimo em dizer isso, porém que liberdade é essa que, pra ser livre, eu tenho que me prender a certas aplicações e não posso nem se quer usar ou testar algo “fechado” em meu sistema aberto?

      Eu sempre me reporto ao Linus Torvalds. Eu eu você só usamos Linux pq ele o criou, e mesmo assim o cara, que era pra ser um dos mais xiítas a nível de software, já declarou que usa um chromebook e adora um Macbook, inclusive eu mesmo já o vi dando palestras com um macbook aberto na mesa.

      O que eu quero te dizer com isso tudo? O Blog Seja Livre é sim apoiador e incentivador das tecnologias abertas e livres, porém não podemos nos omitir em mostrar aos nossos leitores que existem soluções, muita das vezes fechadas como o próprio Skype, que rodam em plataformas livres, como o Linux. Isso é integração!

      Mas por que isso? Acredito que, quanto mais for desmistificado o Linux, quanto mais mostrarmos aos não-linuxers ou aos n00bs que é possível viver no mundo digital atual, interagindo normalmente com os usuários de outros sistemas, maior será aceitação do linux e dos softwares livres no “mercado”.

      Eu já recebi muitas críticas pq coloquei matérias do tipo “Colocando o windows 7 no domínio samba”, ou “como criar documentos docx no LibreOffice”, e muito mais por falar sobre games que não rodam nativamente no linux e precisam do Wine… sinceramente, eu não estou nem ai.

      Eu não preciso provar nada pra ninguém sobre os meus preceitos e ideais com o software livre e com o Linux. Acima de tudo eu sou blogueiro, e como blogueiro uma das minhas missões é “evangelizar novos usuários”. E a melhor forma de evangelizar é mostrando a integração do Linux no contexto atual.

      Me desculpe se de alguma forma te ofendi ou me posicionei contra o que “eu deveria”.

  • http://www.fisl.org.br RC Lages

    Vinícius…

    Esta é a resposta da Central de Programas do Ubuntu ao passar o link
    apt://master-pdf-editor indicado no artigo:

    Não encontrado!
    Não existe um pacote chamado “master-pdf-editor” em sua atual fonte de software.

    Estou usando Ubuntu 12.04 atualizado.

    Alguma dica?
    Obrigado.

    • Vinícius Vieira

      Olá RC LAges!

      Eu já corrigi o link, por favor tente novamente.

      Att.